OLÁ A TODOS, AO ENTRAR PELA 1ªVEZ NESTE BLOG, DEVEM IR AO ARQUIVO do LADO DIREITO E CLICAR em JANEIRO, DEPOIS NA DATA DE 23 E IR AO FIM DA PÁGINA PARA COMEÇAR A LER O 1º POST , A MINHA VIDA COM A DIABETES. " O INÍCIO HÁ 23 ANOS"
Segunda-feira, 25.01.10

                                               Diabetes

O que é?

Ocorre quando há um aumento dos níveis de açúcar (glicose) no sangue. Isto é, quando estes níveis são superiores a 110 mg/dl sanguíneo, situação denominada hiperglicemia.

Combata-a com:

Lacticínios
Muitos pacientes com diabetes tipo 2 têm falta de zinco, pelo que se aconselha a ingestão de alimentos ricos neste mineral. Os derivados de leite são os mais importantes. O ideal é optar pelos lacticínios magros e por aqueles que são enriquecidos com as vitaminas que se perdem durante o processamento destes alimentos, como a E.


Frango
Particularmente as coxas, que têm um alto conteúdo de zinco. Prefira cozinhá-lo sem pele e lembre-se que não é recomendável comê-lo frito, para não anular as vantagens desta carne magra.

Canela
A medicina chinesa valoriza bastante esta especiaria, uma vez que ajuda o organismo a processar insulina de forma muito eficaz.
Cebola
Tanto crua como cozida, reduz os níveis de açúcar no sangue. A causa pode estar na influência que exerce sobre o metabolismo da glicose no fígado, ou na insulina que liberta.

Pólen
Elaborado pelas abelhas, é um autêntico multivitamínico natural e uma boa fonte de zinco. Para além disso, aumenta a resistência das paredes capilares prevenindo, assim, as hemorragias cerebrais e cardíacas.

Massa e arroz integral
É uma excelente fonte de energia para os diabéticos, composta por hidratos de carbono de absorção lenta, que tornam vagarosa a passagem de glicose pelo sangue. De qualquer das formas, se padecer desta doença, cinja-se às quantidades autorizadas pelo seu médico.

Vinagre
De acordo com um recente estudo da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, tomar duas colheres de vinagre antes ou durante as refeições principais reduz visivelmente a concentração de insulina e de glicose no sangue depois das refeições.

Fibra
Para além de absorver a gordura para o seu interior, também absorve o açúcar alimentar. Ajuste o volume de fibra a ingerir de acordo com as indicações do seu médico

... E os com tripla acção

Existem alimentos que fazem bem a tudo, matando três coelhos de uma cajadada só, como diz a expressão popular. Quer saber quais protegem destas três doenças ao mesmo tempo?

Azeite virgem
Não se esqueça que as gorduras são imprescindíveis para que o nosso organismo funcione adequadamente, apesar dos especialistas recomendarem uma ingestão que não ultrapasse os 30% das calorias diárias.

O truque está em privilegiar a ingestão de gorduras boas, como a que o azeite contém. Os seus ácidos gordos monoinsaturados (cerca de 80% de ácido oleico, por exemplo) não só conseguem reduzir o colesterol mau (LDL), como aumentam o bom (HDL). :)

Rico em ácidos gordos ómega-3, 6 e 9, favorece a saúde do coração e do sangue. O ácido alfa-linoleico, um tipo de ácido gordo ómega-3, protege o coração. O azeite virgem é também conhecido por reduzir a pressão arterial e um estudo do ano 2000 revelou que pode ter benefícios específicos para os diabéticos tipo 2.

Não se esqueça, contudo, que 1ml de azeite tem 9 kcal, pelo que deve ser ingerido com moderação, para não engordar (atente neste exemplo: em média, colocamos cerca de 20 ml de azeite numa salada individual, o que corresponde a 180 Kcal. Ingerindo duas saladas diárias, são 360 kcal, só em azeite...)

Frutas e verduras
A elevada quantidade de fibra, vitaminas, minerais e água que contêm tornam-nas imprescindíveis na alimentação diária. A OMS recomenda a ingestão de cinco peças ou porções por dia, que podem ser combinadas como quiser e puder. Cheias de antioxidantes, preservam a saúde tanto das células sanguíneas como dos tecidos arteriais


Frutos secos
A sua acção diminui o nível de colesterol total e reduz a viscosidade sanguínea, diminuindo, assim, a formação de trombos. Esta propriedade deve-se aos seus ácidos gordos ómega-3, presentes em maior quantidade nas nozes.

Têm um elevado conteúdo calórico, pelo que só deve ingerir de três a seis unidades por dia, dependendo do tamanho, e sem sal. Um estudo da Universidade de Harvard acrescenta que as nozes também combatem a diabetes tipo 2, já que conseguem aumentar a capacidade do organismo em utilizar insulina, regulando, desta forma, os níveis de glicose.

Os restantes frutos secos também contêm bastante cálcio, ou seja, são grandes aliados da tensão arterial e do coração. Mas, mais uma vez, atenção às quantidades, pois apesar de conterem gorduras saudáveis, são altamente calóricos:
100 g de amêndoas são 625 kcal; 100 g de nozes são 696 Kcal.

Alho
Contém alicina, com efeito anti-plaquetário, dilata os vasos sanguíneos, liquidifica o sangue, reduz o colesterol e aumenta a energia, sem acrescentar gorduras a mais.

Soja
Torna a passagem dos açúcares pelo sangue mais lenta (bom para a diabetes) e reduz os níveis de colesterol. São de destacar os seus ácidos gordos: o linolénico (ómega-3) e o linoleico (ómega-6), ambos fundamentais para a saúde dos vasos sanguíneos e do coração.

Leguminosas
Todas elas são excelentes fontes de proteínas de elevada qualidade biológica. Pode usá-las esporadicamente para substituir carnes vermelhas, que contêm demasiadas gorduras insaturadas (como o colesterol), o que aumenta os níveis de LDL no sangue.

O feijão, por exemplo, pelo seu elevado conteúdo de fibra solúvel, diminui a taxa de colesterol no sangue e estabiliza os níveis de glicose. Já as lentilhas são ricas em potássio, que, juntamente com a sua escassez de sódio, as torna ideais para pessoas hipertensas.

Alcachofra
Contém um composto activo amargo protector do fígado (a cinaropicrina) que reduz o colesterol no sangue (efeito lipolítico). E a cinarina aumenta a produção da bílis, melhorando o funcionamento do fígado.

Cereais integrais.
Estudos recentes confirmaram que a ingestão frequente de trigo, aveia e centeio podem reduzir as doenças coronárias até 30%.

Mas o benefício de utilizar cereais na sua versão integral é o facto de ingerir a casca do grão, o que lhe dá mais fibra e uma dose extra de vitamina E e do complexo B, e minerais como zinco, fósforo e ferro, que favorecem a qualidade do sangue e da sua circulação. A aveia, por seu lado, dificulta a absorção de colesterol por parte do intestino.


APB diabeticaparadiabeticos às 14:15 | link do post | comentar |  O que é? | adicionar aos favoritos
blogs SAPO
pesquisar neste blog
 
arquivos
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
28
29
últ. comentários
Olá Marilia,Em Portugal os glucometros são gratis ...
Bom diaInfelizmente a insulina em Portugal para an...
Olá eu tenho 27anos e tenh am insufici&ecir...
Alguém sabe quanto custa a caneta em Portugal por ...
Pessoal boa noite sou bibliotecária e pesquisei ba...
Olá Eva, lamento pela sua cachorrinha :( mas acred...
OLA BOA NOITE EM JANEIRO DESCOBRI QUE MINHA CACHOR...
Olá Marília, não a posso ajudar, pergunte ao VET e...
Olá, sobre esse assunto eu pessoalmente não noto d...
Gostaria de saber se goji berry faz com que a pess...
olao meu gato tbem é dependente de insulina,2 veze...
É assim, em Portugal os diabéticos tem as insulina...
Lamento mesmo :(
Infelizmente não moro em Portugal estou no Brasil,...
Olá, diga-me se está a morar em Portugal?Se quiser...
Posts mais comentados
blogs SAPO