OLÁ A TODOS, AO ENTRAR PELA 1ªVEZ NESTE BLOG, DEVEM IR AO ARQUIVO do LADO DIREITO E CLICAR em JANEIRO, DEPOIS NA DATA DE 23 E IR AO FIM DA PÁGINA PARA COMEÇAR A LER O 1º POST , A MINHA VIDA COM A DIABETES. " O INÍCIO HÁ 23 ANOS"
Sexta-feira, 03.09.10

O diabético está mais sujeito a ter problemas de pele?

 

 Entrevista com o dermatologista João Carlos Lopes Simão, da FMRP-USP Algumas condições relacionadas ao diabetes mal controlado podem facilitar o surgimento de problemas de pele.

 

Uma dessas condições é a aterosclerose - doença que afeta as paredes das artérias pela formação de placas de gordura -, que está relacionada a doenças cardiovasculares provocadas por diversos fatores, incluindo o diabetes. Quem explica os efeitos da doença sobre a pele e como tratar o problema é o dermatologista João Carlos Lopes Simão, do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP).

 

 João Carlos Lopes Simão - "A aterosclerose afeta a pele como um todo, mas pode prejudicar principalmente a dos membros inferiores. Há redução do fluxo sanguíneo para a pele e, como consequência, diminui a quantidade de pelos, a pele fica mais fina, fria e com aspecto brilhante.

 

 A diminuição do fluxo sanguíneo para a extremidade das mãos provoca também queda da temperatura na ponta dos dedos e as unhas podem ficar com aspecto desnutrido e opacas. Ao mesmo tempo, a defesa natural da pele fica prejudicada, porque é através dos vasos sanguíneos que as células de defesa chegam aos locais que estão sendo atacados por vírus, bactérias e fungos. Além do tratamento específico da aterosclerose e do controle rigoroso do diabetes, é necessário que o paciente tenha alimentação equilibrada com aporte adequado de proteínas, vitaminas e micronutrientes.

 

Para o couro cabeludo, existem substâncias que causam vasodilatação e aumentam o aporte sanguíneo para os bulbos capilares, fazendo crescer também a proliferação celular do folículo. Entretanto, esses medicamentos - que não interferem no comportamento da glicemia - devem ser utilizados sob supervisão médica porque podem causar hipotensão, com tonturas e até desmaios, se utilizados em excesso ou em pacientes mais sensíveis ao medicamento ou que utilizem outros anti-hipertensivos. Existem tratamentos com laser de baixa intensidade ou com fontes de luz com resultados ainda não bem estabelecidos na literatura científica."

APB diabeticaparadiabeticos às 22:16 | link do post | comentar |  O que é? | adicionar aos favoritos
M. a 4 de Setembro de 2010 às 11:28
Olá.
Também existem outras doenças de pele que podem surgir em pessoas que têm Diabetes Mellitus.
É o caso da Necrobiose Lipoídica, da qual padeço, e que não é muito conhecida nem por médicos nem por enfermeiros até aparecer algum caso que é provado por biópsia.
Podes ler mais alguma coisa a respeito num post que escrevi no meu blog: http://countlessthoughtsii.blogspot.com/2010/08/mais-uma-rotina.html

Tenho seguido o teu porque é bom ver a visão de outra diabética. :)

Beijinhos.
blogs SAPO
pesquisar neste blog
 
arquivos
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
últ. comentários
Olá Marilia,Em Portugal os glucometros são gratis ...
Bom diaInfelizmente a insulina em Portugal para an...
Olá eu tenho 27anos e tenh am insufici&ecir...
Alguém sabe quanto custa a caneta em Portugal por ...
Pessoal boa noite sou bibliotecária e pesquisei ba...
Olá Eva, lamento pela sua cachorrinha :( mas acred...
OLA BOA NOITE EM JANEIRO DESCOBRI QUE MINHA CACHOR...
Olá Marília, não a posso ajudar, pergunte ao VET e...
Olá, sobre esse assunto eu pessoalmente não noto d...
Gostaria de saber se goji berry faz com que a pess...
olao meu gato tbem é dependente de insulina,2 veze...
É assim, em Portugal os diabéticos tem as insulina...
Lamento mesmo :(
Infelizmente não moro em Portugal estou no Brasil,...
Olá, diga-me se está a morar em Portugal?Se quiser...
Posts mais comentados
blogs SAPO