OLÁ A TODOS, AO ENTRAR PELA 1ªVEZ NESTE BLOG, DEVEM IR AO ARQUIVO do LADO DIREITO E CLICAR em JANEIRO, DEPOIS NA DATA DE 23 E IR AO FIM DA PÁGINA PARA COMEÇAR A LER O 1º POST , A MINHA VIDA COM A DIABETES. " O INÍCIO HÁ 23 ANOS"
Sábado, 23.01.10

 

GINJAS

Esta foi uma das notícias que eu li e gostei de saber, são doces, boas e fazem-nos bem.
O consumo de ginjas poderá reduzir o nível de açúcar
Um estudo conduzido por cientistas norte-americanos, indicou que o consumo de ginjas poderá reduzir os níveis de colesterol e açúcar no sangue e o armazenamento de gordura no fígado, prevenindo, deste modo, o desenvolvimento de doenças do foro cardíaco e a diabetes.

CANELA

Estes pauzinhos fazem maravilhas a um diabético!
Disseram-me já há uns tempos, que misturar canela com bebidas ou comidas é excelente, baixa o nível de açucar no sangue. Eu comecei a pôr canela no leite frio, é deliciosso, visto não poder pôr num pastel de nata ?! PORQUÊ??? Somos diabéticos e a nata é doce . Mas claro, quando estamos com os níveis até bem controladitos, há que aproveitar e então sim, canela com força no pastel. Isto de vez em quando.

 

 

CAMINHADAS
Realmente é dos melhores exercícios que um diabético pode fazer, eu confesso, sou muito preguiçosa, não tenho quem me puxe, o meu marido como trabalha por turnos, chega ás vezes tarde e cansado, eu vou ficando por casa e saio pouco, dou algumas caminhadas ás vezes, até tenho um cão para me ajudar na preguiça, mas gostaria de fazer mais, as amigas estão na preguiça também. Espero encontrar aqui algumas amizades para umas longas caminhadas e até quem sabe, encontros de lazer e desportos
em grupo. Fico a aguardar as vossas energias.

 

 

 

 

 

 

APB diabeticaparadiabeticos às 15:57 | link do post | comentar | ver comentários (4) | adicionar aos favoritos

 

Este é um dos problemas graves que um diabético deve ter em atenção, eu, felizmente não tenho tido problemas com os pés, a única coisa que noto, são os pés muito secos e sou muito preguiçosa para cremes, mas descobri um creme que é quase um "milagre" Creme Barral gordo" tem bastante gordura, a pele seca agradece, não mancha a roupa, custa-me pôr cremes, o meu marido é que anda sempre de volta dos meus pés, é um querido! Os meus pés são uma lástima quando estão secos. Melhoram muito e rápido com este creme.
" Atenção que não sou paga para fazer publicidade mas quando me faz bem eu devo ajudar outras pessoas a ficarem bem!

 

 

 

APB diabeticaparadiabeticos às 15:56 | link do post | comentar | adicionar aos favoritos

 

 


A insulina pode ser injectada na região abdominal, nas coxas, nos braços e nas nádegas. A parede abdominal é o local de eleição para uma mais breve absorção da insulina de acção rápida. Deve ser usada para as injecções realizadas durante o dia. A coxa utiliza-se preferencialmente para as injecções de insulina de acção intermédia, sendo a região das nádegas uma boa alternativa.
Deve proceder-se à rotação dos locais onde se administra a injecção, de forma a evitar a formação de nódulos, porque estes podem interferir na absorção da insulina

APB diabeticaparadiabeticos às 15:53 | link do post | comentar | adicionar aos favoritos

 

Esta é uma das acções que qualquer diabético insulino-dependente faz, a toma das injecções de insulina. Eu vou falar da minha experiência, raramente apanho carocitos das injecções, mas quando isso me acontece é porque andei a picar quase no mesmo sítio, não se deve fazer, há que haver uma rotação de sítios para a insulina, mas acontece, eu quase sempre dou na barriga ou de lado, como se vê na foto. Nas pernas e braços custa-me mais, mas nos braços até vai uma de vez em quando. É preciso é nunca esquecer as rotações.


O que é a insulina?

A insulina é uma hormonal hipoglicemiante segregada pelas células beta dos ilhéus de Langerhans do pâncreas, que é usada no tratamento dos doentes diabéticos. Pode ser obtida a partir do pâncreas do porco ou feita quimicamente e de forma idêntica à insulina humana através do uso de tecnologia do DNA recombinante ou da modificação química da insulina do porco.
Em Portugal só é comercializada insulina igual à insulina humana, produzida com recurso a técnicas de engenharia genética, sendo as reacções alérgicas muito raras em virtude da sua grande pureza. No mercado estão disponíveis diversas concentrações de insulina. No nosso país, só se encontra disponível a concentração U-100 (1ml=100 unidades).

Por que é que a insulina é necessária para o tratamento da diabetes tipo 1?

Porque, nos doentes com a diabetes tipo 1, as células do pâncreas que produzem insulina foram destruídas, motivo pelo qual este produz muito pouca ou nenhuma insulina. Como sem insulina não se pode viver, a administração de insulina produzida laboratorialmente é um tratamento imprescindível de substituição.

Como se usa a insulina?

O tratamento com insulina é feito através de injecção na gordura por baixo da pele (subcutânea). Até à data o desenvolvimento científico ainda não conseguiu produzir nenhuma forma de insulina que possa ser tomada por via oral, uma vez que o estômago a destrói automaticamente.
Por ser injectável, é necessário que o doente tenha atenção ao modo como a manuseia. Deve ter os seguintes cuidados:
Colocar a cápsula de protecção sem tocar na agulha após a utilização da seringa/caneta;
Guardar a seringa/caneta à temperatura ambiente;
Não utilizar a seringa ou a agulha da caneta se estas estiverem rombas;
Não limpar a agulha com álcool;
Manter a cápsula quando inutilizar a seringa/caneta e ter muito cuidado na sua eliminação.

 

 

 

 

 

 

 

APB diabeticaparadiabeticos às 15:38 | link do post | comentar | adicionar aos favoritos

 

Estudo Italiano analisou a qualidade de vida dos doentes.

Um estudo realizado em Itália analisou a qualidade de vida de 1341 diabéticos de tipo I e concluiu que os doentes submetidos à terapia com bomba de insulina vivem com menos restrições motivadas pela diabetes do que aqueles que têm de sujeitar-se às injecções diárias. Os resultados obtidos no estudo Equality I são muito semelhantes à realidade portuguesa.

A análise Italiana aferiu que as restrições normalmente associadas à diabetes, designadamente em termos de regime alimentar e dos episódios de hipoglicemia (40 por cento inferior nos doentes que se submeteram à terapia com a bomba de insulina), concorrem para a insatisfação dos doentes diabéticos, e que no caso dos que utilizam o novo método o descontentamento em relação ao tratamento é 70 por cento menos incisivo. No âmbito do estudo foram constituídos dois grupos de doentes: 481 receberam tratamento com a bomba e 860 foram tratados com as múltiplas injecções diárias.

Antonio Nicolucci, médico director do Laboratório de Epidemiologia Clínica de Diabetes e Cancro do Instituto Mario Negri Sud de Chieti, em Itália, declarou, a propósito destes dados, que “a terapia com a bomba de insulina resultou numa redução do número de episódios hipoglicémicos, produzindo um efeito positivo sobre a qualidade de vida dos doentes, e mesmo aqueles que têm diabetes complicadas e difíceis de controlar ficaram satisfeitos quando utilizaram a bomba de insulina”. De acordo com os dados mais recentes da Federação Internacional da Diabetes, que o farmacia.com.pt já ventilou num artigo publicado há dias, actualmente haverá, à escala mundial, cerca de 246 milhões de pessoas, prevendo-se que o número de diabéticos possa atingir os 380 milhões em 2025. Todos os dias são diagnosticados 200 novos casos de crianças com diabetes de tipo I e estima-se que mais de 440 mil jovens com menos de 14 anos têm aquela doença. Em Portugal existem cerca de 650 mil portugueses diagnosticados com a doença, 10 por cento dos quais com a sua forma mais grave, para a qual não existe prevenção.

 

 

UMA NOVIDADE!
Disseram que a bomba de insulina , que actualmente custa muito dinheiro, irá ser comparticipada em breve, talvez a 100% , é um excelente progresso para os diabéticos. A garantia foi dada em primeira mão ao Destak pelo Ministério da Saúde.

A medida, já aplicada em muitos países europeus, vai fazer com que «alguns dos diabéticos portugueses de tipo I, que são no total 65 mil, deixem de pagar 3500 euros por uma bomba de insulina e custos mensais de aproximadamente 150 euros», num total de 1800 euros por ano, adiantou ao Destak o presidente da Associação de Jovens Diabéticos de Portugal.

Esta melhoria do controlo da doença traduz-se em menor incidência de complicações agudas e crónicas associadas à diabetes, como a cegueira, insuficiência renal, a amputação dos membros, ou doenças cardiovasculares.

 

 

APB diabeticaparadiabeticos às 15:29 | link do post | comentar | adicionar aos favoritos

  A bomba de insulina é um pequeno dispositivo electrónico que contém um reservatório com insulina de acção rápida e que ligada a um tubo fino conduz a insulina até um cateter colocado debaixo da pele, que terá de ser substituído de 3 em 3 dias. Desta forma, consoante as refeições, a actividade física, o stress, o diabético pode variar a quantidade de insulina administrada sem necessidade de picadas. A diabetes do tipo 1 é uma doença para toda a vida, que se desenvolve quando o pâncreas pára de produzir a insulina de que o corpo precisa e, consequentemente, os níveis de açúcar no sangue sobem. Os diabéticos do tipo 1 necessitam de receber tratamento com insulina para sobreviverem. Segundo os dados da Federação Internacional da Diabetes, a diabetes afecta 246 milhões de pessoas a nível mundial e prevê-se que este número atinja os 380 milhões em 2025. Todos os dias são diagnosticadas 200 novas casos de crianças com diabetes tipo 1 e estima-se que, em todo o mundo, mais de 440 mil crianças com menos de 14 anos têm diabetes tipo 1. Em Portugal existem cerca de 650 mil portugueses diagnosticados com diabetes. Estima-se que 65 mil portugueses sejam diabéticos tipo 1. Esta seria uma hipótese para muitos de nós, quando for comparticipada.

APB diabeticaparadiabeticos às 15:10 | link do post | comentar | adicionar aos favoritos

 

Há 23 anos que sou diabética, descobri quando fiz umas análises, estava grávida de 2 meses, mais ou menos. Eu comia muitos doces, bebia muito e urinava mais ainda, 3 dos sintomas típicos de um pré-diabético. A minha mãe ficou super preocupada, não sabíamos muito bem o que era uma verdadeira diabetes, não tínhamos ninguém na família, nem amigos, apesar que a minha tia Lucinda já tinha falado qualquer coisa desta doença à minha mãe, porque a tia dela, também tinha essa doença, mas nunca ligámos nada. O médico disse-nos que eu tinha a glicemia a mais de 500. Já saí do consultório com a insulina para tomar, foi um pânico, agulhas diariamente, como era possível e grávida. Mas o médico disse que teria de ser assim, senão, tudo poderia ser mau, eu e o bebé. Tive uma gravidez de risco, bem acompanhada. A minha vida alterou 100%, a nível de alimentação, medicação, tudo. Na altura vivia em Aveiro, comecei a ser seguida numa médica em Coimbra, uma das melhores do país na altura, agora já não exerce. Seu nome Maria Helena Saldanha, nunca me esqueci, era um anjo.

 

 

Tive um parto normal, apesar da doença, também era muito nova, tudo era mais fácil, a insulina acompanha-me sempre desde essa ida ao médico, há 23 anos que é a minha companheira e amiga, sim, amiga, porque me mantém viva e sem mazelas ainda. Andei por vários médicos de diabetes, ia andando, mas sempre com glicemias mais altas do que baixas, eu não conseguia controlar a minha doença, foi-me muito difícil, tive algumas retinopatias, mais no olho esquerdo, levei laser, comecei por 6 em 6 meses, depois uma vez por ano, entretanto disseram-me que havia a APDP (associação de diabetes) em Lisboa e que eram excelentes, realmente são, marquei a primeira consulta e fui sempre seguida, até a nível de oftalmologia, ia sempre lá de 6 em 6 meses. Melhorei bastante, mas ainda não estava como eu queria. Entretanto há cerca de 3 meses o meu marido destaca do serviço de Aveiro para Lisboa, viemos morar de vez para cá, vim a saber que através da Marinha, haviam consultas de diabetes e que a médica que estava lá era "milagrosa" , um colega do meu marido é que lhe tinha informado que andava lá e tinha melhorado 300% . Ora eu estando cá, fui logo marcar a consulta e esperei para ver os resultados. Eu sei que não são só os médicos que tem que fazer o dito "milagre", o doente tem que ajudar e fazer tudo como manda a lei, mas, há médicos e médicos, não desfazendo da APDP, gostei mesmo muito desta médica.

 

Como disse anteriormente, a minha nova médica do hospital da Marinha é 5 estrelas, esqueci-me de referir anteriormente que a minha hemoglobina A1C, andava sempre alta, atingiu os 9, posso dizer que agora, estou com 7 ponto 8, é um valor melhor, quero baixar dos 7, é o recomendado, penso que o grande mérito , foram as várias tentativas de estudar o meu organismo, comecei com uma alimentação mais cuidada, já devia ter feito isso, mas , fui desanimando, depois mudou-me alguns tipos de horários da minha insulina , lenta e rápida, fez-me registar toda a minha alimentação, horários e todas as alterações que acontecessem. Marcou-me consulta para a semana seguinte e lá fui eu, ainda não estava bem, decidiu que precisava de mudar para a insulina nova a LANTUS, um espectáculo, voltei lá passado 15 dias, estava um pouco melhor, mas não tão bem como a médica queria. Então qual era o problema? Eu, anteriormente comecei com a Lantus á noite, ao deitar, mas passei a tomá-la de manhã, o meu organismo reagiu muito bem, melhorei a olhos vistos, esta médica não deixa andar, ela manda-nos á luta, dá-nos alternativas, opções, alterações, não pára enquanto tudo não estiver bem.

 

APB diabeticaparadiabeticos às 14:53 | link do post | comentar | ver comentários (26) | adicionar aos favoritos
blogs SAPO
pesquisar neste blog
 
arquivos
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
28
29
últ. comentários
Olá Marilia,Em Portugal os glucometros são gratis ...
Bom diaInfelizmente a insulina em Portugal para an...
Olá eu tenho 27anos e tenh am insufici&ecir...
Alguém sabe quanto custa a caneta em Portugal por ...
Pessoal boa noite sou bibliotecária e pesquisei ba...
Olá Eva, lamento pela sua cachorrinha :( mas acred...
OLA BOA NOITE EM JANEIRO DESCOBRI QUE MINHA CACHOR...
Olá Marília, não a posso ajudar, pergunte ao VET e...
Olá, sobre esse assunto eu pessoalmente não noto d...
Gostaria de saber se goji berry faz com que a pess...
olao meu gato tbem é dependente de insulina,2 veze...
É assim, em Portugal os diabéticos tem as insulina...
Lamento mesmo :(
Infelizmente não moro em Portugal estou no Brasil,...
Olá, diga-me se está a morar em Portugal?Se quiser...
Posts mais comentados
blogs SAPO