OLÁ A TODOS, AO ENTRAR PELA 1ªVEZ NESTE BLOG, DEVEM IR AO ARQUIVO do LADO DIREITO E CLICAR em JANEIRO, DEPOIS NA DATA DE 23 E IR AO FIM DA PÁGINA PARA COMEÇAR A LER O 1º POST , A MINHA VIDA COM A DIABETES. " O INÍCIO HÁ 23 ANOS"
Sábado, 23.01.10

 

Há 23 anos que sou diabética, descobri quando fiz umas análises, estava grávida de 2 meses, mais ou menos. Eu comia muitos doces, bebia muito e urinava mais ainda, 3 dos sintomas típicos de um pré-diabético. A minha mãe ficou super preocupada, não sabíamos muito bem o que era uma verdadeira diabetes, não tínhamos ninguém na família, nem amigos, apesar que a minha tia Lucinda já tinha falado qualquer coisa desta doença à minha mãe, porque a tia dela, também tinha essa doença, mas nunca ligámos nada. O médico disse-nos que eu tinha a glicemia a mais de 500. Já saí do consultório com a insulina para tomar, foi um pânico, agulhas diariamente, como era possível e grávida. Mas o médico disse que teria de ser assim, senão, tudo poderia ser mau, eu e o bebé. Tive uma gravidez de risco, bem acompanhada. A minha vida alterou 100%, a nível de alimentação, medicação, tudo. Na altura vivia em Aveiro, comecei a ser seguida numa médica em Coimbra, uma das melhores do país na altura, agora já não exerce. Seu nome Maria Helena Saldanha, nunca me esqueci, era um anjo.

 

 

Tive um parto normal, apesar da doença, também era muito nova, tudo era mais fácil, a insulina acompanha-me sempre desde essa ida ao médico, há 23 anos que é a minha companheira e amiga, sim, amiga, porque me mantém viva e sem mazelas ainda. Andei por vários médicos de diabetes, ia andando, mas sempre com glicemias mais altas do que baixas, eu não conseguia controlar a minha doença, foi-me muito difícil, tive algumas retinopatias, mais no olho esquerdo, levei laser, comecei por 6 em 6 meses, depois uma vez por ano, entretanto disseram-me que havia a APDP (associação de diabetes) em Lisboa e que eram excelentes, realmente são, marquei a primeira consulta e fui sempre seguida, até a nível de oftalmologia, ia sempre lá de 6 em 6 meses. Melhorei bastante, mas ainda não estava como eu queria. Entretanto há cerca de 3 meses o meu marido destaca do serviço de Aveiro para Lisboa, viemos morar de vez para cá, vim a saber que através da Marinha, haviam consultas de diabetes e que a médica que estava lá era "milagrosa" , um colega do meu marido é que lhe tinha informado que andava lá e tinha melhorado 300% . Ora eu estando cá, fui logo marcar a consulta e esperei para ver os resultados. Eu sei que não são só os médicos que tem que fazer o dito "milagre", o doente tem que ajudar e fazer tudo como manda a lei, mas, há médicos e médicos, não desfazendo da APDP, gostei mesmo muito desta médica.

 

Como disse anteriormente, a minha nova médica do hospital da Marinha é 5 estrelas, esqueci-me de referir anteriormente que a minha hemoglobina A1C, andava sempre alta, atingiu os 9, posso dizer que agora, estou com 7 ponto 8, é um valor melhor, quero baixar dos 7, é o recomendado, penso que o grande mérito , foram as várias tentativas de estudar o meu organismo, comecei com uma alimentação mais cuidada, já devia ter feito isso, mas , fui desanimando, depois mudou-me alguns tipos de horários da minha insulina , lenta e rápida, fez-me registar toda a minha alimentação, horários e todas as alterações que acontecessem. Marcou-me consulta para a semana seguinte e lá fui eu, ainda não estava bem, decidiu que precisava de mudar para a insulina nova a LANTUS, um espectáculo, voltei lá passado 15 dias, estava um pouco melhor, mas não tão bem como a médica queria. Então qual era o problema? Eu, anteriormente comecei com a Lantus á noite, ao deitar, mas passei a tomá-la de manhã, o meu organismo reagiu muito bem, melhorei a olhos vistos, esta médica não deixa andar, ela manda-nos á luta, dá-nos alternativas, opções, alterações, não pára enquanto tudo não estiver bem.

 

APB diabeticaparadiabeticos às 14:53 | link do post | adicionar aos favoritos
japinto19 a 5 de Março de 2010 às 16:38
Olá, comecei a tomar LANTUS há 2 semanas, comecei com 10 unidades e já vou nas 28 unidades a noite, após o jantar, por indicações do meu médico, mas os resultados teem sido um pouco aquém do esperado, pois tenho bastantes alterações ao fazer o meu teste de glicemia em jejum, isto varia entre os 100o e os 18o em jejum, vou experimentar de manhã para ver se isto melhora. Segundo o meu médico, deverei tomar também uma insulina rápida ao fim da terde, pois é quando os meus valores teem sido maiores, por volta dos 200/240. Um abração, Japinto
diabeticaparadiabeticos a 6 de Março de 2010 às 12:47
OLÁ JAPINTO, eu tomo a minha Lantus só de manhã, comecei por tomar á noite e não dava mt resultado, então tomo actualmente 32 de manhã e sinto-me melhor, já tomo de manhã há alguns anos. A Lantus é a insulina protectora dos diabéticos, é excelente! Sobre a rápida, poderias tomar uns cheirinhos sim, andas na APDP? podes sempre enviar-me email para apb5@sapo.pt, Saúde!
japinto19 a 6 de Março de 2010 às 19:39
Olá, não sou seguido pela APDP, sou seguido pelo serviço de medicina interna (endocrinologia) do hospital Santos Silva em Vila Nova de Gaia, além de ser seguido também pelo serviço de cardiologia do mesmo hospital, pois já tive 2 enfartes. Como até Janeiro deste ano, andava a tomar comprimidos para a s diabetes, tais como Janumet e diamicrom LM e jánão resolviam o meu problema, visto também ter uma colite ulcerosa, o meu endpocrinologista achou por bem, descanssar os meus intestinos e receitou-me a Lantus. Só que a principio não estava a funcionar bem, era como tomar água, não alterava muito os valores, por isso o meu médico achou por bem ir aumentando a dose em 2 unidades de 3/3 dias até chegar a valores de mais ou menos 120/140 de glicemia em jejum, o que acontece neste momento com 28 unidades, a noite, após o jantar. Dou uma caminhada de +/- 20 minutos poara a insulina entrar bem no organismo e já está. Engtretanto ao fim do dia, os valores tem aumentado um pouco, e o meu médico disse para lá ir no dia 16 deste mês com o meu gráfico e apartir daí, talvez tenha de tomar uma dose de insulina rápida ao fim da tarde, ou talvez um comprimido, não sei. So no dia 16 é que saberei. Bom fim de semana e boa saúde diabética... José Pinto
diabeticaparadiabeticos a 7 de Março de 2010 às 22:18
Olá, já agora que idade tem? fiquei assustada com os 2 enfartes??? estão relacionados com a diabetes? já agora, depois de ir ao médico gostava de saber novidades, obrigada!
japinto19 a 8 de Março de 2010 às 23:29
Olá, desde já mjuito obrigado pelo empenho, tenho 54 anos, sou um jovem a fugir para o velho. Tive dois enfartes e penso que foram motivados pelas diabetes, o primeiro foi concerteza, vai fazer dia 16 deste mês 5 anos, foi quando fiquei "técnicamente" diabético, pois uns dois ou tres meses antes, comecei a emagrecer muito, quase 10 kilos, e tinha muita sede, acordava de noite uma ou duas vezes para beber água (fresca) pois morna não servia. Em virtude disso tive uma infecção urinária, pois a água que entrava tinha de sair e isso obrigou a um esforço maior em que tive de tomar antibioticos devido a infecção, depois veio o enfarte. os médicos diseram que eram devido ao tabaco, pois eu fumava muito, mas foi concerteza as diabetes. Minha mãe, meu avô e demais familiares maternos, eram todos diabéticos. Agora não fumo, procuro andar o máxima possível e fazer exercício, mas sou um pouco lambareiro e por vezes atiro-me de cabeça e como o que não devia. Aqueles bolinhos amarelos põe-me louco, quanto mais amarelinhos forem mais me tiram do sério. Mas não são os doces o meu pecado, pois se nãpo os posso comer não os como, mas abuso um pouco da aleimentação tradicional, massas, arroz, feijão carnes vermelhas e etc. Por isso fui castigado com a insulina em vês dos comprimidos, mas penso que deveria ter um comprimido qualquer ao fim do dia para compenssar a subida da glicemia, pois a insulina que tomo a noite não dever ser suficiente para as 24 horas. Se tiver algum conselho com a sua experiência, diga-me, pois as dicas são sempre benvindas. Saudações diabéticas. japinto
diabeticaparadiabeticos a 9 de Março de 2010 às 13:10
Olá José, li com toda a atenção o seu testemunho e compreendo que a tentação é enorme, ño início custou-me muito cortar os doces, mas sabe quando é que eu me vingo? quando estou com baixa de açucar, tipo 30 ou 40, temos que ingerir logo um ou 2 pacotes de açucar e seguido de hidratos de carbono, pão ou bolachas, eu aproveito e como um bolinho. Mas se como o bolo já só ingiro 1 pacote de açucar e não 2. Sobre a insulina, eu tenho quase a certeza que vai começar a tomar a rápida, eu não passo sem ela, sabe que um diabético que toma insulina tem a possibilidade de pecar na alimentação mais vezes que um que não a tome? por exemplo, eu tenho que tomar insulina rápida para o que vou comer, se nesse dia eu tiver a certeza que vou abusar um bocadinho mais nos hidratos de carbono( massa, arroz ou batata, por ex: ) eu tomo 1 ou 2 doses a mais, simples, só contribuo para a engorda :) mas fico satisfeita e um dia não são dias :)
sobre tabaco eu nunca fumei, felizmente, mas tenho um contra, detesto exercício físico, tenho muma passadeira e vou lá 1 ou 2x por semana, mas sei que tenho que ter mais vontade :( o tempo não ajuda, mas quando vier o bom tempo até vou fazer umas caminhadas. Não tenha medo de tomar mais injecções de insulina, é melhor para nós. Já agora, se quiser vir a uma consulta á APDP a Lisboa, eles aceitam-no, não se paga nada, é tudo gratuito, até as angiografias, é tudo gratuito e acredite que tem lá os melhores médicos da diabetes, não desfazendo , de alguns claro! Pense bem! Até breve e Saúde!!!!!
japinto19 a 13 de Março de 2010 às 14:41
Olá, obrigado pela resposta e pelo ânimo. Faltem apenas 4 dias para ir ao meu médico para saber o que deverei tomar ao fim do dia para baixar a glicemia. Quanto ao jejun, está OK, mas ao fim do dia a coisa sobe um pouco e deverei ser medicado com outra insulina ou um comprimido para rectificar estes valores. Quanto a APDP de Lisboa, seria bom se eu vivesse aí perto, e mesmo que fosse a pagar, mas como sou do Porto, mais precisamente Vila Nova de Gaia não tenho outra remédio que não seja o meu médico de diabetes do Hosptital do Monte da Virgem, que parece-me bastante competente e empenhado no meu problema. Quanto a minha medicação, além dos remédios para a tensão arterial e coração, estou a tomar neste momento 30 unidades de Lantus, a noite, após o jantar, e de manhã a minha glicemia está entre os 110/140, o que me parece bom, a noite antes do jantar, é que a glicemia está sempre bastante alta, entre 200/280, por isso devreia tomar um comprimido, ( risidom ou Glucobay), sei lá, ou então uma insulina rápida, mas somente na Terça-Feira é que saberei, após a minha consulta no médico. Até lá aproveite o bom tempo para dar umas caminhadas e bom fim de semana. Japinto
diabeticaparadiabeticos a 13 de Março de 2010 às 23:13
Muito bem, quando puder dê novidades! Saúde
japinto19 a 16 de Março de 2010 às 22:58
Olá, hoje fui ao meu Endocrinologista, que reviu os meus valores e como eu já estava a espera, receitou-me uma insulina de acção rápida, chamada Insulina Glulisina Apidra, que em conjunto com uma caneta "Sanofi Aventis" que me foi oferecida no hospital, servirá para administrar 4 unidades de insulina, 10 minutos antes do almoço e 4 unidades 10 minutos antes do jantar, tendo sempre o cuidado de não ultrapassar esses 10 minutos sob o risco de poder entrar em hipoglicemia. Já agora, tem conhecimento desta insulina? Não seria melhor um comprimidozinho antes de ir para uma situação tão drástica? terei 3 picadas ao dia com insulina, pois continiuarei a utilizar a Lantus a noite, após o jantar, esta, insulina de acção prolongada. O médico disse-me para reduzir das 30 unidades para 22 unidades, atendendo que iria ter duas tomadas diarias de insulina de acção rápida. Não sei se me comporeendeu ou se fui um pouco confusos na minha explicação. Já começo a ficar um pouco, senão muito, preocupado com isso. detesto agulhas. Já agora com a sua experiência e que tem a me dizer. Obrigado e boa saúde. Japinto-Vila Nova de Gaia
mafaldab a 3 de Junho de 2011 às 17:32
Olá, será que me podia dizer qual é o seu médico endocrinologista que lhe receitou a Apidra?
É que eu queria experimentar essa insulina, e precisava de um médico que estivesse habituado a lidar com ela.
Agradecia se me pudesse responder para o meu e-mail, o qual é mafalda.b.justino@hotmail.com
Obrigada!
diabeticaparadiabeticos a 3 de Junho de 2011 às 22:56
Olá Mafalda, o meu medico é da clínica particular de Oeiras, que tem vários acordos e essa insulina que falaste eu não a tomo, a minha é Humalog e Lantus apenas :D qualquer dúvida falaremos, saúde.

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

blogs SAPO
pesquisar neste blog
 
arquivos
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
28
29
últ. comentários
Olá Marilia,Em Portugal os glucometros são gratis ...
Bom diaInfelizmente a insulina em Portugal para an...
Olá eu tenho 27anos e tenh am insufici&ecir...
Alguém sabe quanto custa a caneta em Portugal por ...
Pessoal boa noite sou bibliotecária e pesquisei ba...
Olá Eva, lamento pela sua cachorrinha :( mas acred...
OLA BOA NOITE EM JANEIRO DESCOBRI QUE MINHA CACHOR...
Olá Marília, não a posso ajudar, pergunte ao VET e...
Olá, sobre esse assunto eu pessoalmente não noto d...
Gostaria de saber se goji berry faz com que a pess...
olao meu gato tbem é dependente de insulina,2 veze...
É assim, em Portugal os diabéticos tem as insulina...
Lamento mesmo :(
Infelizmente não moro em Portugal estou no Brasil,...
Olá, diga-me se está a morar em Portugal?Se quiser...
Posts mais comentados
blogs SAPO